Open post

formas super SIMPLES para ganhar massa muscular

o que fazer para ganhar massa muscular?

Criar músculos requer uma boa harmonia de Vitalidade, o que sugere que você opte por consumir apenas mais calorias do que queimar. Você precisa de cerca de 2.800 calorias para criar 1 kg (um quilo) de massa muscular, principalmente para ajudar na renovação das proteínas, que pode ser elevada com o treinamento.

Ao aderir a essas oito estratégias, você conseguirá aumentar a massa muscular de maneira eficiente e rápida.

Seu sistema pode produzir cerca de 227g de músculo por semana, por isso, caso você consuma muita energia tentando criar mais massa muscular, também poderá obter excesso de gordura.

Aconselhamos consumir 250 a 500 calorias adicionais diariamente. Caso você adquira gordura de maneira conveniente, mantenha-se dentro do fechamento diminuído do sortimento e, se achar difícil obter libras em geral, busque um acabamento mais alto com a seleção.

Acabará por escolher algumas tentativas e erros para procurar o volume certo de calorias adicionadas para desenvolver músculos e permanecer magro.

Além disso, o estudo implica que o consumo de proteína magra de quinze a 20 minutos antes, durante e após uma única hora de operação, pode muito bem permitir a obtenção de impulso muscular. Como é provável que você não tenha um bife ou peito de galinha no ginásio, um consumo ou complemento de proteínas pode ser vantajoso imediatamente antes, durante ou logo após as rotinas, mas simplesmente não é necessário.

No entanto, nem tudo é proteína. Trata-se de ingerir muitos alimentos que atendem ao seu gasto calórico e oferecem a nutrição como parte de uma dieta saudável e equilibrada que pode ajudá-lo a criar músculos, perder gorduras e adquirir muito melhor. Aqui estão 8 diretrizes fáceis que podem ajudá-lo a seguir na direção certa.

1. COMA O PEQUENO ALMOÇO PARA AJUDAR A CONSTRUIR MASSA MUSCULAR

Isso lhe dá uma explosão imediata de energia e ajuda você a ficar cheio até a próxima refeição ou lanche. Ele também define a tendência: você tenderá a comer de forma mais saudável se o dia começar com um café da manhã forte e saudável. Suas melhores apostas se você está tentando construir massa muscular são omeletes, smoothies e queijo cottage.

2. COMER CADA TRÊS HORAS

Comer a coisa certa na hora certa é crucial para ajudá-lo a aumentar sua massa muscular. A maneira mais fácil é tomar seu café da manhã, almoço e jantar, como de costume, intercalados com as refeições após o treino, antes da cama e com dois lanches no meio. Ao manter sua ingestão de alimentos alta, isso significa que você não sentirá tanta fome, porque comer refeições menores com mais frequência do que algumas refeições grandes diminuirá o tamanho do estômago.

Você se sentirá cheio mais rapidamente e sua cintura cairá, enquanto você também terá menos desejos. Não comer por longos períodos pode fazer com que você coma demais na próxima refeição ou se encher de lanches não saudáveis ​​da máquina de venda automática. Portanto, para interromper qualquer desejo, coma em horários fixos todos os dias e seu corpo ficará com fome nesses horários.

o que fazer para ganhar massa muscular

3. COMA PROTEÍNA COM CADA REFEIÇÃO PARA AUMENTAR SUA MASSA MUSCULAR

Você precisa de proteínas para construir e manter os músculos. Para conseguir isso, você deve comer pelo menos 1g por 454g de peso corporal. Isso é 200g / dia se você pesa 91kg. A maneira mais fácil de obter essa quantidade é comer toda uma fonte de proteína a cada refeição. Esses incluem:

• Carne vermelha. Carne de vaca, porco, cordeiro, etc.
• Aves domésticas. Frango, peru, pato, etc.
• Peixe. Atum, salmão, sardinha, cavala, etc.
• Ovos. Não acredite nos mitos do colesterol. Coma a gema.
• Laticínios. Leite, queijo, queijo cottage, quark, iogurte, etc.
• soro de leite. Não é necessário, mas é ótimo para agitar facilmente após o treino.
• Experimente também opções veganas, como lentilhas, tofu, sementes e nozes.

como adquirir massa muscular

4. COMA FRUTAS E VEGETAIS COM CADA REFEIÇÃO

A maioria deles (não todos) é de baixa caloria: você pode comer seu estômago cheio sem ganhar gordura ou peso. Frutas e vegetais também estão cheios de vitaminas, minerais, antioxidantes e fibras, o que ajuda na digestão, mas tenha cuidado ao verificar o teor de açúcar de algumas frutas.

5. Coma carboidratos apenas após o treino

Enquanto você precisa de carboidratos para obter energia, a maioria das pessoas come mais do que precisa. Limite sua ingestão de carboidratos somente após o treino.
• Coma frutas e legumes com todas as refeições. Estes contêm poucos carboidratos em comparação com grãos integrais, com exceção de milho, cenoura e passas.
• Outro carboidrato pós apenas treino. Isto é arroz, macarrão, pão, batata, quinoa, aveia, etc. Evite carboidratos brancos e coma grãos integrais.

6. COMER GORDURAS SAUDÁVEIS

Gorduras saudáveis ​​melhoram a perda de gordura e a saúde à medida que digerem lentamente. Certifique-se de equilibrar sua ingestão de gorduras, coma gorduras saudáveis ​​a cada refeição e evite gorduras trans e margarina artificiais.

7. BEBA A ÁGUA PARA AJUDAR A CONSTRUIR MASSA MUSCULAR

O treinamento de força causa perda de água através da transpiração, o que pode prejudicar a recuperação muscular e, portanto, não ajuda a aumentar sua massa muscular. Beber água evita a desidratação, mas também a fome, pois o estômago vazio pode fazer você pensar que está com fome.

8. COMER ALIMENTOS INTEIROS 90% DO TEMPO

Para realmente obter os resultados desejados e aumentar significativamente sua massa muscular, 90% da ingestão de alimentos deve consistir em alimentos integrais.

• Toda a comida. Estes são alimentos não processados ​​e não refinados (ou pouco refinados) que chegam o mais próximo possível do seu estado natural. Exemplos: carne fresca, peixe, aves, ovos, vegetais, leguminosas, frutas, arroz, aveia, quinoa etc.
• Alimentos processados ​​Geralmente contêm açúcares adicionados, gorduras trans, nitratos, xarope de milho, sódio e mais produtos químicos.

Exemplos:

  • bagels,
  • barras de frutas,
  • cereais,
  • pizza,
  • biscoitos,
  • salsichas,
  • refeições congeladas,
  • suplementos
Open post
Cirurgia Bariátrica ou emagrecimento por Dieta

Cirurgia Bariátrica ou emagrecimento por Dieta?

O sobrepeso a obesidade pode ter muitas causas orgânicas que passam longe de todo esse descuido – e muitas vezes também se alimenta dele. Nestes caos, a Cirurgia Bariátrica surge como a grande esperança de uma qualidade de vida melhor.

Mas como toda grande intervenção no organismo, também tem seus riscos, muitas exigências depois para realmente funcionar para sempre.

E as pessoas devem avaliar bem se esta é a melhor ou se é a única opção. Muitas vezes nem pode fazer a Cirurgia Bariátrica. Então como fica? Sofrendo de obesidade por toda a vida?

O que pode ser melhor: Cirurgia Bariátrica ou emagrecimento por dieta? Não há uma resposta fechada. Cada pessoa tem uma história, um organismo. O mais importante é ter a orientação correta, pesar as opções e fazer a melhor escolha!

Cirurgia Bariátrica

A Cirurgia Bariátrica é um procedimento altamente invasivo pois, independente do método que for usado, vai alterar uma série de processos internos para levar ao resultado esperado.

É recomendada para quem tem obesidade mórbida, que deve ser atestada por um médico.

A partir daí, começam os exames e o período de preparação para a cirurgia, incluindo o preparo emocional, pois gera-se uma expectativa muito grande pelos resultados e o pós-operatório será decisivo, e com muitos esforços do paciente.

Muitas pessoas acham que a cirurgia por si resolve, mas é uma meia verdade. Sem dúvidas, ela traz uma série de vantagens logo após a intervenção:

  • Redução significativa de peso
  • Regularização da pressão
  • Controle ou eliminação do quadro de diabetes
  • Redução do nível de colesterol bom
  • Maior vitalidade e disposição para as tarefas e exercícios
  • Retorno da autoestima
  • Mais vontade de ter vida social

Por outro lado, o paciente terá uma série de cuidados já a partir do pós-operatório para que as condições sejam mantidas.

Após 18 meses, o normal é que o peso se estabilize e pode haver na maioria dos casos, e é natural, um reganho de 20% sobre o peso após a cirurgia. Como os especialistas avisam, não há procedimento bariátrico que impeça algum reganho.

Mas ele ultrapassar os 20%, entra em uma faixa de risco de perda de todos ou parte dos muitos benefícios da cirurgia.

Podemos ver que a Cirurgia Bariátrica é uma excelente forma de resolver os casos de sobrepeso e obesidade mórbida. Porém os pacientes devem ser preparados para uma grande mudança de hábitos (principalmente a atividade física) visando manter os resultados e se sentir motivados e felizes para sempre!

Dieta Alimentar

Se compararmos com a Bariátrica, a grande vantagem da Dieta Alimentar é a forma natural, sem intervenção cirúrgica e medicamentos, para emagrecer.

Existe uma série de dietas que realmente podem ajudar a perder peso gradativamente – que é o melhor processo: a pessoa se sente motivada a continuar e são comuns os casos de quem se tornou até obcecada por atividade física e comer de forma saudável.

Uma dieta sozinha, mesmo balanceada, pode trazer bons resultados a médio prazo, mas precisará de exercício físico para aumentar a perda de peso e manter o resultado, além de tonificar os músculos, trazendo a aparência saudável que todas nós desejamos.

Concluindo…

Se o caso é de obesidade grave, a Bariátrica pode ser uma forma rápida de ter um grande resultado, transformar o astral e motivar para começar a fazer o que é preciso para manter: alimentação saudável e atividade física. Porque sem eles, os resultados vão cair bastante.

Por outro lado, tentar perder peso com Dieta Alimentar e exercícios é uma forma natural, mais segura de emagrecer, além de não precisar fazer uma cirurgia e passar pelo pós-operatório complicado dela.

De qualquer, converse com seu médico sobre a sua situação de excesso de peso e entenda o que você pode tentar sozinha, como um desafio pessoal que sempre faz muito bem ao ego!

E se você escolher emagrecer fazendo dietas e atividades físicas, um suplemento que pode te ajudar é o Lipo 6 Nutrex.

Como odiar água de coco

Eu sou uma pessoa superexagerada e sempre quero estar preparada para as situações. Gosto de planejar com antecedência.

Eu tinha que fazer um exame e precisava ficar em jejum de comidas sólidas por um dia interiro e jejum absoluto no dia do exame.

A única coisa que podia tomar eram líquidos claros tipo água, chá clarinho coado e… água de coco.

Sabendo que ia ficar num hotel e o preço da água de coco no frigobar era proibitivo, não tive dúvida e dei uma de farofeira. Fiz meu check in com uma caixa de papelão lotada de leite desnatado e 6 litros de água de coco.

E comecei a beber a água de coco.

E bebi.

Bebi.

Lá pelas tantas, precisava tomar 1 litro de um preparado líquido para acabar o preparo.

Tomei de uma vez porque era muito ruim.

O resultado foi que e porcaria do preparado se juntou com a água de coco e eu vomitei até não sobrar nada.

Eu amava água de coco. De verdade. Adorava tomar num copo cheio de gelo, estupidamente gelada. Agora não posso nem ver os litros que sobraram na caixa.

Só de pensar em água de coco me dá aversão.

Parece um porre que eu tomei uma vez de Cointrau e nunca mais pude chegar perto.

E é assim que a gente passa a odiar água de coco.

Mas, doutora! Eu não como nada! – Como emagrecer

A maioria das pessoas não faz idéia do que come.

Recebo muitos pacientes que se queixam que “não comem nada” mas não emagrecem ou até mesmo engordam.

Eu oriento a todos e pessoalmente sigo essa orientação (eu faço o que eu falo) de anotar tudo que se come por pelo menos 3 dias para haver uma conscientização do que se ingere.

Anote tudo que entra pela sua boca.

Emagrecer é ingerir menos calorias do que se gasta. Então, tem tudo a ver estudar e destrinchar o que se come.

Além de anotar a quantidade e a qualidade de comida e bebida que se ingere, também é possível calcular quantas calorias cada coisa tem. Existem tabelas de calorias por toda a internet e o que você precisa é uma balancinha de cozinha.

Por exemplo, eu estava acostumada a comer salada de frutas toda noite. Quando calculei a quantidade de calorias que estava comendo, percebi que era demais e neutralizava todo o regime correto que eu fiz durante o dia.

Também encontramos na internet sites e aplicativos que ajudam a fazer esse registro de alimentos. Eles mesmos possuem tabelas de calorias.

Atualmente eu estou usando o Perfect Diet Tracker. Eu completo com os alimentos que ainda não estão na tabela deles e minhas adições passam a fazer parte do banco de dados mundial. Gostei bastante do aplicativo que está disponível para Mac, PC e Linux.

Perder peso ou manter-se no peso ideal é uma conscientização constante, um estado de espírito. Ainda bem que temos muitas ferramentas par nos ajudar.

Atitudes que atrapalham a dieta

Muitas vezes nos perguntamos pq não conseguimos emagrecer, ou fazer a dieta direito. Isso está relacionado a atitude que tomamos durante o dia, que acabam colocando tudo a perder, veja se vc se encaixa em uma dela:

-Dormir mal, ou dormir pouco,
-Comer rápido demais,
-Comer em frente à tv, computador, ou seja não prestando atenção na comida,
-Pular refeições, e depois querer comer tudo de uma só vez

refrigerente

Pelo uma dessas bateu com você?

Então que tal mudar essas atitudes e entrar na dieta pra valer fazendo tudo certinho?

Refrigerante faz mal a saúde

Pode ser muito gostoso tomar um copão de refrigerante, mas é comprovado, faz mal!

Tanto o normal quanto o diet ou zero, podem causar problemas cardiovasculares e infartos. Além disso, engorda e causa as medonhas celulites.rs

O ideal seria cortar o refrigerante do cardápio, mas para quem não consegue, que tal diminuir?

Por exemplo, deixe para tomar apenas aos finais de semana, ou em uma festa, mas claro, sem exageros! A troca de refrigerante por suco ou água farão um bem precioso à sua saúde.

Não esqueça de manter a saúde bucal em dia

Vou passar algumas dicas simples que vão manter a saúde bucal em dia, não esqueça de passar essas dicas para toda a família 😉

Não esqueça de manter a saúde bucal

-Escove os dentes depois de cada refeição, pois em 15 minutos os restos de alimentos se deterioram e viram foco de bactérias.
-Capriche na limpeza, faça movimentos circulares nos dentes, e não economize no fio dental!
-No final da escovação, escove sempre a língua, ela tb fica cheia de restos de alimentos e bactérias.
-Troque a escova de dentes a cada 3 meses.

Veja 5 formas de acabar com a vontade de comer doce

como acabar com a vontade de comer doce

Ao longo do dia surge aquela vontade de comer um chocolate ou outras guloseimas para adoçar a boca. O desejo por algo doce é sinal de que os níveis de açúcar do corpo estão desequilibrados. Quando a quantidade está abaixo do ideal, o corpo anseia por alimentos ricos em carboidratos açucarados para regular os níveis. As informações são do site Body and Soul.

Estabilizar a quantidade de açúcar no corpo é essencial para uma boa saúde, manter o peso sob controle, reduzir o risco de diabetes tipo 2 e doenças cardíacas. Veja a seguir cinco maneiras de evitar a ânsia por chocolate e doces no dia-a-dia.

1 – Coma com frequência
Fazer refeições menores e mais regularmente ajuda a estabilizar os níveis de açúcar no sangue e reduz o desejo por doces. O café da manhã é uma das refeições mais importantes do dia, pois é a primeira após o longo jejum durante o sono. Deixar de tomar café da manhã provoca a queda nos níveis de açúcar, falta de energia e desejo por doces logo pela manhã.

2 – Proteína
Comer alimentos ricos em proteínas nas refeições e lanches ajuda a conter a vontade por doces. A proteína ajuda a estabilizar os níveis de açúcar no sangue. Nozes, sementes, legumes, ovos, peixes, carnes magras, iogurte e queijo com baixo teor de gordura e produtos de soja são opções de alimentos ricos em proteína e saudáveis.

3 – Cromo
O mineral Cromo estabiliza os níveis de açúcar no sangue e pode ajudar a controlar a ânsia pelas guloseimas doces. Os alimentos ricos em Cromo são: brócolis, cereais integrais, nozes, cogumelo, soja, tomate, cebola, trigo, pão de centeio, ervilha e batata.

4 – Alimentos ricos em fibra
Escolha alimentos ricos em fibras, pois eles têm um efeito estabilizador dos níveis de açúcar no sangue. A fibra reduz a velocidade de absorção de glicose dos alimentos. Os alimentos ricos em fibras são: cereais integrais, pães granulados, massas integrais, legumes e frutas.

5 – Siga uma dieta de baixo índice glicêmico
A maioria dos alimentos processados, que são ricos em açúcar e pobres em fibras, tem um índice glicêmico elevado. Alimentos com alto IG disparam os níveis de açúcar no sangue rapidamente e provocam a liberação de altos níveis de insulina na corrente sanguínea. Estudos descobriram que uma dieta rica em alimentos de alto IG está associada ao ganho de peso, obesidade e desenvolvimento de diabetes tipo 2. Alimentos como nozes, sementes, legumes, frutas e vegetais colaboram para uma dieta de baixo IG.

Scroll to top